20/02/2020 às 13:16:48

"Triste, mas satisfeito"

Estou triste pela eliminação, mas satisfeito pelo desempenho

Marlon Costa


A opinião do técnico Gilmar Dal Pozzo foi bem clara: se fosse obrigatório ter um vencedor no tempo normal de Náutico x Botafogo, seria o Timbu. Mas o sentimento após a eliminação nos pênaltis - após o empate de 1 a 1 - ficou um pouco confuso. Por um lado, a óbvia tristeza por não avançar de fase. Por outro, satisfação.

"Primeiro falar do sentimento. Estou triste pela eliminação, mas satisfeito pelo desempenho. Se alguém tivesse que vencer no tempo normal, era o Náutico, que teve o jogo controlado. Criamos chances no primeiro tempo, que até foi mais parelho. Acertamos a equipe principalmente quando eu centralizei Matheus e coloquei Paiva aberto."

"No segundo tempo, fomos melhores que o Botafogo e criamos duas chances claras de gol. Erick tomou uma decisão na frente de Gatito, que esperou até o último momento, e teve outra de Jorge (Henrique). O futebol pune e nós tivemos a oportunidade, mas não conseguimos."

Sobre a maneira que o jogo se desenvolveu, Dal Pozzo manteve um discurso honesto.

- Eu não lamento porque contra o Freipaulistano-SE (vitória por 2 a 0 pela Copa do Nordeste), eles foram melhores e nós fomos letais. Talvez na única oportunidade de gol, o Botafogo aproveitou. E nos pênaltis, eles eliminaram a gente. Estou com esse sentimento duplo, de tristeza e satisfação por outro lado, mas a certeza que estamos no caminho certo.

Daniel Gomes - Globo Esporte