02/09/2019 às 01:07:57

Náutico empata com o Paysandu em Belém.



Léo Lemos - Náutico


O Paysandu começou fazendo aquilo que se esperava: pressionou a saída de bola do Náutico, visando valorizar e recuperar a posse ainda no ataque. Com o meio congestionado, o Timbu investiu nas jogadas nas costas dos laterais bicolores, principalmente com Hereda. Assim conseguiu vários escanteios e faltas perto da área, oportunidades de bolas alçadas. Numa dessas, aos 7, Thiago aproveitou sobra e chutou com força da meia-lua, mas Mota segurou. O Alvirrubro era, então, mais perigoso. O Papão, com a bola, era objetivo, só que tinha dificuldade de penetrar na área. Pecava, principalmente, no último passe. O primeiro lance de perigo só aconteceu aos 33, em cabeceio para fora de Tomas Bastos. Pouco depois Léo Baiano acertou belo chute de fora da área, que Jefferson conseguiu espalmar. Nos últimos minutos o Náutico praticamente apenas se defendeu. Só conseguiu um chute de fora da área, com Álvaro, aos 41, sem grande perigo.


A postura dos times pouco mudou na volta do intervalo, mas o duelo ficou faltoso. As bolas alçadas viraram, então, a tônica dos dois lados nos primeiros minutos. Aos 51, Tomas Bastos fez cobrança na intermediária e Victor Oliveira desviou por cima do gol. Dois minutos depois, em lance muito parecido, Caíque cabeceou e quase marcou, mas havia impedimento. O Náutico tentou apertar a defesa com seus homens de frente, porém o Papão não cedia à pressão e conseguia sair tocando. Os visitantes tinham postura reativa: aguentavam o abafa na espera de oportunidades de contra-ataque. Desse jeito, aos 14, Wallace Pernambucano lançou Thiago em velocidade, mas o atacante finalizou mal. A resposta alviceleste foi imediata. Vinícius Leite acertou chutaço de longe, que carimbou a trave, e pouco depois Nicolas invadiu a área com liberdade, mas Jefferson salvou em defesa à queima-roupa. O gol bicolor parecia iminente. Só que o tempo foi passando, o Timbu se fechou mais, suportou a pressão e garantiu o empate fora de casa.


Público e Renda:

Pagantes: 20.315
Não pagantes: 2.500
Público total: 22.815
Renda bruta: R$ 643.440,00



Fonte: Globo Esporte