21/07/2019 às 22:37:05

Náutico vence, entra no G-4 e afunda o Treze

Timbu garantiu a vitória e também carimbou o retorno ao G-4.

Marlon Costa / Aldo Carneiro


O Náutico fez por merecer a vitória sobre o Treze, na noite deste domingo, no Estádio dos Aflitos. Apesar do placar magro, o Alvirrubro mostrou qualidade para criar chances de gol e sufocou o Galo. Rafael Oliveira, que já defendeu o Treze em 2014, saiu do banco para marcar o gol da vitória dos donos da casa e que afundou o Alvinegro ainda mais na zona de rebaixamento, segurando a lanterna do Grupo A.

PRIMEIRO TEMPO
Na primeira etapa o Náutico foi superior ao Treze e por pouco não saiu à frente no placar. Logo aos 20 segundos de jogo Jefferson Nem roubou a bola na intermediária de ataque e ficou cara-a-cara com o goleiro Mauro Iguatu, mas finalizou mal e o goleiro do Treze ficou com ela. Depois, já nos minutos finais do primeiro tempo, Nem perdeu outras duas grandes chances. A primeira, novamente cara-a-cara com Mauro Iguatu, já na segunda, o goleiro do Treze saiu do gol de forma atabalhoada e Jefferson Nem tinha o gol escancarado à sua frente, mas desperdiçou.

SEGUNDO TEMPO
Na etapa final, o Náutico foi ainda mais dominante do que no primeiro tempo. O Treze, que foi a campo de maneira retraída, em seu campo de defesa, buscando o ataque apenas em situações de contra-ataque, jogou de forma ainda mais defensiva no segundo tempo. Jean Carlos, que entrou no segundo tempo, deu novo fôlego ao ataque do Náutico e quase marcou em duas oportunidades, mas foi parado por Mauro Iguatu. Aos 32 minutos, porém, Gilmar Dal Pozzo mexeu no time pela última vez e mandou a campo Rafael Oliveira, que dois minutos depois aproveitou cruzamento de Willian Simões e cabeceou para o gol, abrindo o placar. Após sofrer o gol, o Treze ainda tentou reagir, mas quem esteve mais próximo de marcar foi mesmo o Náutico, que parou nas mãos de Mauro Iguatu.

PRÓXIMO JOGO
Na próxima sexta-feira, o Náutico encara o Confiança, atual líder do grupo, às 20h, no Estádio dos Aflitos, em Recife.


PÚBLICO E RENDA
estiveram presentes no Estádio dos Aflitos, neste domingo, 9.687 torcedores, para uma renda de R$ 149.567,00.



GLOBO ESPORTE