30/04/2018 às 13:47:31

Roberto cobra maturidade e "espírito de Série C"



Marlon Costa/ Pernambuco Press


A Série C já teve três rodadas, mas, para o técnico Roberto Fernandes, o Náutico ainda não "entrou" nela. Lanterna do grupo A, o Timbu ainda não venceu (um empate e duas derrotas). O revés do último domingo, para o Atlético-AC, foi o estopim para o comandante fazer fortes cobranças ao grupo. Roberto exigiu maturidade ao elenco e cobrou que o Timbu esquecesse o título estadual, conquistado há cerca de um mês.

- Precisamos entrar na competição. O espírito da Série C não é esse. Tenho conversado com o grupo, com a diretoria e acho que alguns já saíram do campo falando isso. Vou usar uma expressão que independe de idade. Mas é preciso ter maturidade para jogar a Série C. Não é uma competição para menino. E preciso saber a hora de chegar mais forte. Esse é o segundo jogo que perdemos fora de casa e o adversário faz mais faltas do que a gente. Esse não é o espírito da competição - disse.


Para explicar a falta do espírito de Série C, Roberto usou o exemplo de algo que aconteceu no intervalo do duelo do último domingo.

- Falei para eles que ou eles vão se adaptar as características da Série C ou vao ficar fora do time. É simples. Não sei se o Atlético-AC tem tantos jogadores assim melhores que os do Náutico. Mas a pegada, a entrega e a intensidade de jogo é diferente. No primeiro tempo faltou matar o jogo e disse a eles que estavam penteando muito a bola e perdendo objetividade. E eles falaram que o campo estava muito pesado. No segundo tempo, o atleta do Atlético-AC driblou dois e sentou o pé na bola. Gol deles. Na Série C não vamos jogar em arenas sempre - afirmou.






GloboEsporte.com