08/03/2018 às 09:01:35

Náutico empata com lanterna, mas termina como líder.

Timbu vai encarar o Afogados nas quartas.

Léo Lemos


Apesar de utilizar a maioria dos seus titulares, o Náutico não fez uma boa partida nesta quarta-feira, no estádio Sesc Mendonção. Porém, foi o suficiente para empatar por 2 a 2 com o lanterna Belo Jardim e assegurar assim o primeiro lugar na fase classificatória do Campeonato Pernambucano (contou com o empate do Sport no clássico com o Santa Cruz).

Com isso, os alvirrubros encaram nas quartas de final o Afogados, em jogo que deve ser confirmado para o dia 18, na Arena de Pernambuco. O Belo Jardim, por sua vez, foi rebaixado à Série A2.

O Timbu agora vira  a chave e volta a campo no próximo sábado, em situação bem diferente. Precisa vencer o Bahia, na Arena, para seguir com chances de classificação também na Copa do Nordeste.

O jogo
Para garantir o primeiro lugar, o técnico Roberto Fernandes não quis arriscar e mandou a campo praticamente a força máxima do Náutico, com apenas duas mudanças. A entrada dos pratas da casa Rafael Ribeiro, na defesa, e Rogerinho, no ataque. Porém, mais do que mudanças de jogadores, a principal dificuldade do Náutico no primeiro tempo foi o gramado irregular do Sesc Mendonção, que recebeu seu primeiro e único jogo nesse Estadual. 

A situação do piso dificultou a criação ofensiva. Além disso, as dimensões reduzidas ajudavam o futebol na base do chutão, já que qualquer bola estava próxima a área adversária. Com isso, o futebol apresentado foi fraco tecnicamente. Não por acaso, todos os gols saíram em lances de bola parada. 

Logo aos cinco minutos, o Belo Jardim abriu o placar em cobrança de pênalti com Jader, após a bola tocar no braço de Breno Calixto dentro da área (antes havia tocado também no braço do atacante Raniel). O Náutico, no entanto, não demorou a empatar. Em cobrança de escanteio,Ortigoza desviou de cabeça, aos 12 minutos.

Porém, havia outro “adversário” para o Náutico em campo. O zagueiro Rafael Ribeiro, que em uma noite infeliz colecionou falhas grosseiras de todos os sentidos enquanto esteve em campo. Em uma delas, o defensor cedeu um escanteio após errar um recuo de bola. Na cobrança, Luan, de cabeça, devolveu a vantagem aos donos da casa.

Irritado com a atuação, Roberto Fernandes sacou o defensor e colocou em campo o meia Júnior Timbó, logo aos 29 minutos. com o volante Josa sendo improvisado na zaga e Wallace Pernambucano, que começou o jogo como meia, sendo adiantado para o ataque.

Segundo tempo
No retorno para a etapa final, Roberto Fernandes não fez mais nenhuma alteração. Mesmo assim, o Náutico voltou melhor. Tanto que, com apenas 13 minutos, criou três grandes oportunidades de empatar. Em uma delas, Wallace Pernambucano acertou o travessão. 

A superioridade alvirrubra em campo, com um jogo de maior velocidade e acerto nos passes, enfim, deu resultado aos 21 minutos. Após cruzamento de Rogerinho, Wallace Pernambucano, livre na pequena área, de cabeça, voltou a empatar a partida.

Com o Belo Jardim também vivo na partida, com direito também a colocar uma bola na trave de Bruno, Roberto Fernandes resolveu recompor a zaga, com a entrada de Camacho na vaga de Ortigoza. Deu certo para segurar o resultado.

Ficha do jogo

Belo Jardim 2
Andrei; Jô, Vandinho, Luan e Xisto; Jader, Bruno Sacomani (Capa), Júnior e  Kelvis; Igor Neves (Luiz Felipe) e Raniel (Tony). Técnico: Luciano Velozo Filho

Náutico 2
Bruno; Thiago Ennes, Breno Calixto, Rafael Ribeiro (Júnior Timbó)  Kevyn; Negretti, Josa e Wallace Pernambucano; Robinho, Ortigoza (Camacho) e Rogerinho (Tharcysio). Técnico: Roberto Fernandes.

Local: Sesc Mendonção, em Belo Jardim-PE
Árbitro: Gleydson Ferreira. 
Assistentes: Cleberson Nascimento Leite e Marcelino Castro
Gols: Jader (5 min do 1º), Ortigoza (13 min do 1º), Luan (20 min do 1º) e Wallace Pernambucano (21 min do 2º)
Cartões amarelos: João Pedro, Diego Sacomani, Vandinho, Jô (BJ)
Público: 1.230


 João de Andrade Neto /Superesportes