19/02/2018 às 19:07:00

Roberto Fernandes elogia clássico com Santa .

Técnico ficou satisfeito com atuação de sua equipe.

Aldo Carneiro (Pernambuco Press)




Apesar de ter demonstrado muita irritação com a bola rolando no Clássico das Emoções por algumas atitudes do seu time, o técnico Roberto Fernandes deixou o Estádio do Arruda com o sentimento de tranquilidade depois do empate em 0 a 0 do Náutico com o Santa Cruz - em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Pernambucano. O treinador viu uma partida em que as duas equipes foram bem de acordo com suas propostas e acredita que faltou apenas um pouco mais de capricho para que o Timbu saísse com os três pontos.

- Faltou um pouco mais de felicidade no último toque. A cabeçada de Camutanga, o lance de Medina e depois o de Fernandinho foram todos momentos em que faltou um pouco mais de lucidez na tomada de decisão, mas estou satisfeito. Acho que o jogo de quarta - contra o Fluminense de Feira - pesou um pouco. Poderíamos ter tido mais volume de jogo, mas soubemos fazer um jogo mantendo a liderança - disse.

Cabe ressaltar que a liderança pode ser perdida neste domingo. O Central pega o Belo Jardim e, se vencer, ultrapassa o Náutico na pontuação.

De qualquer forma, para Roberto Fernandes, o clássico merece uma boa nota. Faltou apenas gols para justificar o apelido de Clássico das Emoções.

- São propostas de jogo diferente. O Santa tem uma definição tática e o Náutico outra. Quero parabenizar Júnior Rocha e o Santa Cruz. Foi um belo jogo. Os melhores momentos vão mostrar que as chances claras foram do Náutico. O Santa teve mais posse de bola. Por ser Clássico das Emoções, faltou o gol.










Lucas Liausu - Globo Esporte