04/02/2018 às 12:36:09

Roberto Fernandes prefere não criticar o gramado.



Léo Lemos - Náutico


No empate deste sábado entre Pesqueira e Náutico, o gramado do estádio Joaquim de Brito foi alvo de reclamações. Jogadores do Timbu saíram de campo reclamando das condições do gramado e do quanto ele atrapalhou no futebol praticado pela equipe. Fato que foi minimizado pelo técnico Roberto Fernandes.


“O gramado atrapalha os dois. Se for para lamentar algo na partida, lamento o pênalti não marcado a nosso favor, no primeiro tempo. Não entendo porquê deu uma vantagem no lance, se o jogador da vantagem estava em impedimento, então ela não deveria haver. Em um jogo truncado da maneira que foi, sair no primeiro tempo já empatado em 1 a 1 ajudaria bastante. Então não reclamo do gramado, pois se prejudica um, prejudica o outro”, afirmou o treinador Alvirrubro. 

O Náutico tem agora oito pontos na competição e é o líder provisório. O Pesqueira segue na lanterna, ainda sem vencer, agora com dois pontos. A liderança do Estadual pode mudar de mãos, caso haja um vencedor no duelo entre Vitória e América neste domingo, na Arena de Pernambuco.




Klisman Gama /Especial para o Diario