27/12/2017 às 13:04:22

Técnico defende montagem de elenco com desconhecidos



Nando Chiappetta/DP


Até o momento, o Náutico já oficializou 17 contratações para 2018. Muitas delas, de jogadores desconhecidos do torcedor e de parte da imprensa. Exemplos do zagueiro Camutanga, de 24 anos, ex-Bangu; do lateral-esquerdo colombiano Hugo Acosta, 26, que estava no futebol da Guatemala; do volante Renato Júnior, 23, ex-Camboriú, da segunda divisão de Santa Catarina, e dos atacantes Rafael Assis, 24, que defendia o Sanjoanense, da segunda divisão de Portugal, e Wagner Lauretti, ex 4 de Julho-PI. Porém, apesar da quantidade de apostas gerar uma desconfiança natural, o técnico Roberto Fernandes saiu em defesa da montagem do novo elenco timbu. 

Segundo o treinador timbu, cada jogador contratado passou por um minucioso trabalho de investigação.  "A gente tem uma diretoria bastante atuante e contamos com uma análise de desempenho. Nenhum jogador que chegou à mesa e evoluiu para uma contratação foi por um vídeo. Procuramos ver o histórico de cada atleta. Os que nunca trabalharam com a gente eu fiz questão de conversar pelo menos com dois ex-treinadores deles. Procuramos errar o mínimo possível. Agora, futebol não é uma ciência exata", destacou Fernandes.

O treinador lembrou ainda que muitos dos clubes que conseguiram os últimos acessos à Série B eram formados também por jogadores com currículos desconhecidos. O que, em tese, serve também como defesa para a reformulação feita pelo Náutico para a próxima temporada.
 
"Se a gente observar que em 2017 o Palmeiras, que foi o time de maior orçamento, passou de 60 jogadores o que dirá um clube de orçamente bem curtinho aonde o perfil é muito mais de aposta do que de realidade. Temos um time de desconhecidos, não apenas do torcedor como da própria imprensa. Mas se falasse a escalação do Sampaio Corrêa, do São Bento, do Oeste, do Brasil-RS, que conquistaram o acesso á Série B, também vocês (jornalistas) não conheceriam ninguém", provocou.

"E ouso dizer que se trouxermos dois ou três jogadores que acabaram de subir com o Sampaio eles vão continuar sendo desconhecidos do nosso torcedor. Estamos em uma outra realidade. Por isso que o trabalho de escolha desse grupo foi feito de uma forma muito criteriosa", finalizou Roberto Fernandes.

Após o Natal, o elenco do Náutico se reapresenta nesta terça-feira, no centro de treinamento do clube. Na sexta-feira, está agendado o terceiro jogo-treino da temporada, contra o Auto Esporte-PB. Os trabalhos seguem até o próximo sábado, quando há a pausa para as festas de réveillon.



 João de Andrade Neto /Superesportes