27/12/2017 às 12:59:42

Negretti quer trazer experiência positiva no Nordestão



Marlon Costa


Desde que a Copa do Nordeste retornou ao calendário do futebol brasileiro, em 2013, o Náutico não conseguiu avançar da fase de grupos às quartas de final uma única vez. Entre os novos contratados do Alvirrubro para a temporada, ao menos um jogador carrega consigo um retrospecto pessoal diferente. Alcançando as quartas em 2015, o vice-campeonato em 2016 e as semifinais neste ano (sempre pelo Campinense), o volante Negretti espera trazer para o Timbu sua experiência positiva no torneio.

- As últimas três Copas do Nordeste que eu disputei, particularmente, obtivemos êxito, conseguimos a classificação, sempre estando entre os oito. Ano passado fomos vice, então o objetivo do Náutico também tem que ser esse, estar sempre brigando, sempre entre os melhores times. Tenho certeza que com esse pensamento tanto da diretoria, como da comissão técnica e jogadores, acredito que o Náutico tem grandes possibilidade de chegar longe em 2018.


Ex-carrasco alvirrubro

Negretti já é rosto conhecido no Alvirrubro. Passou pelo clube em 2016 e por pouco não permaneceu para disputar a última temporada, quando precisou retornar de empréstimo para o Campinense. Mas a relação do volante com o clube começou ainda antes disso. E em uma Copa do Nordeste.

No ano de 2015, Náutico e Campinense chegaram para a última rodada da fase do grupos do torneio empatados em vitórias e no saldo de gols. O Timbu ia se classificando para as quartas de final pelo número de gols a favor, até que as redes do estádio Ernani Sátyro balançaram para o Campinense, já nos acréscimos do segundo tempo de jogo. O autor do gol? Negretti, que empatou a partida em 1 a 1 com o Bahia, colocando o Campinense na última vaga para a próxima fase e deixando o Náutico de fora. Fato que o jogador relembra e pretende compensar.

- Temos objetivos na temporada e vai ser muito bom tanto para minha carreira quanto para o clube, esse elo, essa ligação que eu já tinha desde 2015, quando acabei fazendo um gol pelo Campinense que terminou tirando o Náutico da Copa do Nordeste. Por isso venho também com essa missão de reerguer o Náutico, colocar de volta onde não deveria ter saído.


Por Camila Alves - Globo Esporte