14/10/2017 às 22:17:05

Roberto Fernandes exalta entrega do time



Marlon Costa/ Pernambuco Press


“O time foi bastante equilibrado. O Guarani veio acreditando que era um jogo para vencer fora de casa e começou mais encaixado e agudo. O Náutico soube aproveitar essa situação e poderia ter marcado até o segundo gol ainda no primeiro tempo. Mas no segundo, soubemos aproveitar e conseguir o resultado”, ressaltou o treinador.

Ainda segundo Roberto, a vitória se tornou possível a partir do poder de superação da sua equipe. “Você precisa de um mínimo de organização, mas a essa altura o que vai prevalecer é o comprometimento e a entrega. Todo mundo aqui está vivendo o seu limite e numa limitação técnica a gente busca a raça.”

Mesmo com a reação apresentada sob o comando de Roberto Fernandes, a campanha anterior deixa a situação bastante complicada na briga para evitar o rebaixamento. Ainda que reconheça a difícil tarefa que tem em mão, o técnico vislumbra a possibilidade de salvação, apontando a superação como principal trunfo.

“A gente tem que compreender que o campeonato que o Náutico fez até o momento é de superação na reta final. Disputou a competição inteira no Z4 e precisa de uma campanha de campeão para se livrar. Não basta apenas a qualidade técnica, mas tem que ter também a entrega. Acredito que hoje tivemos uma participação boa nisso”, comentou o treinador.
 
 
 
Diego Borges /Especial para o Diario