25/09/2017 às 13:42:52

Goleiro Jefferson de 24 anos foi o principal nome do jogo



Marlon Costa


A derrota para o Internacional poderia terminar muito pior que o simples 1 a 0. O Náutico apresentou um futebol bastante aquém do que vinha apresentando com o técnico Roberto Fernandes. Não seria o menor exagero dizer que uma goleada foi evitada pelo goleiro Jefferson e sua atuação quase perfeita no Luiz Lacerda. Foram pelo menos quatro chances nítidas de gol que esbarravam nas luvas do jovem de 24 anos. Se havia alguma dúvida na torcida, ela caiu por terra na tarde deste sábado.

Ao final da partida, o goleiro reconheceu a boa atuação, mas não deixou de lamentar a derrota frustrante para o time, que busca reabilitação na tabela. “Eu trocaria todas as defesas pelo resultado positivo, mas infelizmente não deu. Não era o resultado que a gente queria. Queríamos a vitória para os torcedores que nos apoiaram, mas infelizmente não veio.”

Mostrando compreensão do momento delicado do Náutico na tabela, o goleiro Jefferson fez um apelo à torcida. “Pedimos encarecidamente que nos apoiem. Enquanto tiver chance, nós vamos lutar. Essa camisa tem muita tradição. Peço ao torcedor que não nos abandonem porque nós vamos tirar o Náutico dessa situação”

O técnico Roberto avaliou a atuação do jovem atleta ressaltando as suas qualidades, mas também lamentou a derrota em Caruaru. "O Jefferson é um goleiro muito rapido, tem um reflexo muito rápido. Como qualquer outro jogador precisa melhorar em alguns aspectos, mas ele tem a nossa confiança, da comissão e dos atletas. Uma pena que sofremos um resultado negativo."


Diego Borges /Especial para o Diario