12/11/2016 às 22:47:50

Sobre árbitro, Givanildo afirma: "A vontade era de xingar"



Paulo Uchôa


Bastante irritado com a arbitragem do duelo diante do Avaí, o técnico Givanildo Oliveira criticou que esse vem sendo um problema recorrente nas últimas partidas do Náutico na Série B. O comandante alvirrubro citou os duelos com Ceará e CRB para apontar outros exemplos onde a equipe foi prejudicada por falhas do juiz. Ainda assim, bastante irritado, reconheceu, assim como seus atletas que o time não teve grande atuação.

“Não vou dizer que fizemos um grande jogo. Não vamos esconder uma coisa pela outra. A maneira que ele apitou nos prejudicando. Mas, é ter todo cuidado possível, porque eles mandam, são autoridades e você não pode falar nada. Depois que vim para o Náutico, contra o Ceará tivemos um pênalti no Rony não marcado, mas ganhamos, só que com o CRB não ganhamos, tivemos um gol limpo que foi dado impedimento e perdemos. Esse de hoje tanto a falta e o pênalti não existiram”, criticou o técnico.

Experiente, Givanildo revelou estar se comedindo nas palavras para evitar uma futura suspensão por conta das críticas. “Você trabalha, mas às vezes vai embora o trabalho de um ano por uma arbitragem errada como hoje. Lamentamos muito. Agora, não posso falar muito porque a vontade era de xingar, de dizer o que quero, mas não posso porque se não sou suspenso”, pontuou.

As críticas do técnico não se restringiram apenas ao juiz, mas também ao quarto árbitro que se dirigia constantemente ao banco de reservas do alvirrubro. “Você fica de mãos atadas ali na beira do gramado. Fica um regra (4º árbitro) enchendo seu saco, o de hoje só ia no nosso banco, no do Avaí não ia. Você tem que suportar isso porque ser expulso é chato demais. Você não pode ir no vestiário, nem no campo. Isso que queria de desabafar do juiz. Do nosso futebol acho que não jogamos bem”, avaliou. “Só demos um chute a gol no primeiro tempo que foi o do Vinícius, de falta, então é pouco para quem quer chegar. Isso eu não vou esconder”, complementou.

 

 

Rodrigo Malveira - Leia Já