05/11/2016 às 22:52:45

Náutico perde para o CRB



Globo Esporte


Precisando da vitória para voltar ao G4, o Náutico fez um jogo bastante duro com o CRB, no Rei Pelé, em Maceió. Com uma partida marcada por muitas faltas e cartões amarelos, os pernambucanos viram, em uma falha defensiva, o clube alagoano vencer o duelo por 1 a 0, gol marcado por Matheus Galdezani. Com o resultado, o Timbu segue fora do G4, na 5ª posição, enquanto os regatianos seguem na 7ª posição, mas com 52 pontos, dois a menos que o quarto colocado.

Um jogo morno com bastante faltas e poucas oportunidades claras de gol. Assim pode ser resumido o primeiro tempo de CRB e Náutico. Tentando tomar a iniciativa do jogo por atuar em casa, o CRB sofreu um importante desfalque logo nos minutos iniciais da primeira etapa. O atacante Luidy se lesionou após choque com o lateral Mateus Muller e precisou deixar o campo mais cedo.

O desfalque foi sentido no setor ofensivo dos alagoanos que não conseguiram dar nenhum trabalho a Júlio César. O Náutico por sua vez, mesmo com chances escassas, foi quem mais chegou ao gol. A primeira boa chance foi criada após cruzamento de Mateus Muller para Tiago Adan. O atacante até chegou a balançar as redes, mas o assistente já apontava posição irregular do lateral na origem do lance.

O Timbu ainda teve outras duas chegadas à meta do CRB. A melhor delas com Marco Antônio, aos 35 minutos. Negretti levantou a bola na área, Tiago Adan ajeitou de cabeça para trás e o meia Timbu apareceu no meio da grande área, mas finalizou para fora. Em seguida, Tiago Adan ainda fez uma boa jogada passando por dois marcadores, porém também errou a conclusão da jogada mandando para fora. Dessa forma, as equipes foram para o intervalo com o placar apontando 0 a 0.

O segundo tempo começou com um ritmo totalmente diferente. Com as equipes precisando da vitória mirando o G4, CRB e Náutico começaram a arriscar mais. A primeira boa chance veio com os alagoanos. Gerson Magrão tentou chute de fora da área e obrigou Júlio César a trabalhar pela primeira vez na partida se esticando para espalmar a bola para fora. Logo na sequência, veio a resposta do Náutico. Marco Antônio cobrou falta pela lateral de campo e quase surpreendeu o goleiro do CRB, mas atento ao lance o camisa 1 conseguiu salvar o que seria o primeiro gol alvirrubro no jogo.

Aos 16 minutos, o CRB teve mais uma chance clara de abrir o placar com Welinton Júnior. O atacante que havia acabado entrar em campo recebeu o passe e disparou no campo de ataque saindo na cara do gol de Júlio César, mas acabou finalizando para fora. O CRB começou a tomar as ações ofensivas da partida a partir daí, e aos 35 minutos abriu o placar para a festa dos alagoanos. Marco Antônio errou passe para Igor Rabello e a bola sobrou para Matheus Galdezani sair de frente para Júlio César e balançar as redes. Após o gols, os alagoanos seguraram ao máximo a partida e conseguiram manter a vantagem até o final.

Ficha técnica:

CRB:

Júlio César, Marcos, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Glaidson (Welinton Júnior), Matheus Galdezani, Gérson Magrão (Eder), Pery e Luidy (Roger Gaúcho); Zé Carlos

Náutico:

Júlio César, Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Mateus Muller; João Ananias, Negretti (Yuri Mamute), Marco Antônio (Esquerdinha) e Vinícius; Rony e Tiago Adan (Jefferson Nem)

Local: Estádio Rei Pelé (AL)

Árbitro: Alinor Silva da Paixao (MT)

Assistentes: Jackson Timoteo Lopes e Marcelo Grando (ambos do MT)

Cartões Amarelos: Glaidson, Marcos Martins, Pery, Welinton Júnior (CRB) Negretti, João Ananias, Marco Antônio, Joazi, Mateus Muller (Náutico)

Gols: Matheus Galdezani (35min do 2ºT)

 

 

 

Rodrigo Malveira - Leia Já